Rapper Sean ‘Diddy’ Combs admite agressão contra ex-namorada: ‘Assumo total responsabilidade’

0
16

Gravação divulgada pela TV americana CNN mostra o rapper dando chutes na cantora Cassie Ventura. Após a repercussão do caso, ele voltou atrás e confessou ter agredido a ex. sean-diddy-agressão
Imagem de vídeo divulgado pela CNN, que mostra o rapper Sean ‘Diddy’ Combs agredindo a ex-namorada Cassie Ventura. Ao lado, foto do rapper em pedido de desculpas — Foto: Reprodução/CNN e Redes Sociais
O rapper e produtor musical Sean ‘Diddy’ Combs confessou neste domingo (19) ter agredido sua ex-namorada, a cantora Cassie Ventura.
Em um vídeo divulgado na sexta-feira (17) pela rede de TV americana CNN, ele aparece dando chutes na cantora.
“Assumo total responsabilidade por minhas ações naquele vídeo. Fiquei enojado quando fiz isso. Estou enojado agora”, disse ele em um comunicado publicado nas redes sociais.
Na gravação, ele diz que suas ações foram “indesculpáveis” e que está “realmente arrependido”.
“Fui e procurei ajuda profissional. Comecei a fazer terapia, a ir para a reabilitação. Tive que pedir a Deus por sua misericórdia e graça. Eu sinto muito. Mas estou comprometido em ser um homem melhor a cada dia. Não estou pedindo perdão. Lamento profundamente”, completou.
Em 2023, Cassie abriu um processo acusando o ex-namorado de estupro e abuso físico. Segundo ela, os crimes aconteceram durante mais de uma década. Ele negou as acusações.
A gravação exibida pela CNN foi feita pelas câmeras de segurança de um hotel. Segundo o canal de TV, o episódio aconteceu em 5 de março de 2016. A filmagem mostra Combs vestido com uma toalha, perseguindo a então namorada pelo corredor. Ele a joga no chão, dá chutes e tenta arrastá-la (veja abaixo, as imagens são fortes).
Imagem de vídeo divulgado pela CNN, que mostra o rapper Sean ‘Diddy’ Combs agredindo a ex-namorada Cassie Ventura
Reprodução/CNN
“O vídeo angustiante apenas confirmou ainda mais o comportamento perturbador e predatório de Combs”, disse o advogado de Cassie, Douglas Widgor, em um comunicado. “Palavras não podem expressar a coragem e a firmeza que ela demonstrou ao expor tudo isso.”
Agressões em hotel
A CNN diz que, na ação judicial, Cassie alega que estava no hotel porque Combs a obrigou a fazer sexo com garotos de programa, enquanto ele assistia. Segundo o processo, o rapper “deu um soco no rosto de Ventura, deixando-a com um olho roxo”, durante um surto.
Cassie, então, teria esperado até que Combs adormecesse para tentar sair do hotel. Mas, ao perceber que ela havia deixado o quarto, a perseguiu pelo corredor e a agrediu, conforme o depoimento.
Magnata do rap americano, Sean Combs, que também já foi conhecido como Puff Daddy, é dono de um império de empresas de entretenimento e moda. Ele foi um dos principais impulsionadores do hip-hop no mainstream dos Estados Unidos, trabalhando com nomes como Notorious B.I.G. e Mary J. Blige.
O músico não comentou o vídeo divulgado pela CNN.
Sean Combs e Cassie Ventura em 2018
Angela Weiss / AFP

Fonte: G1 Entretenimento