Irmã de brigadista morto a tiros escutou explosões antes de encontrá-lo caído na porta de casa, diz PM

0
24

Crime aconteceu na manhã deste sábado (15), em Formoso do Araguaia. Sidiney de Oliveira Silva tinha 44 anos e era contratado do Prevfogo, ligado ao Ibama. Sidiney Silva foi morto a tiros em Formoso do Araguaia
Arquivo pessoal
O brigadista Sidiney de Oliveira Silva, de 44 anos, estava na porta da casa da irmã quando foi atingido por dois tiros fatais. É o que relatou a testemunha à Polícia Militar (PM), afirmando que chegou a ouvir duas explosões antes de encontrar o irmão morto.
📱 Participe do canal do g1 TO no WhatsApp e receba as notícias no celular.
O assassinato aconteceu na manhã de sábado (15), na rua 2, no centro de Formoso do Araguaia. Ele estaria chegando ao local por volta das 7h quando foi baleado por suspeitos. Sidiney era contratado do Prevfogo, que faz parte do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e atuava no combate a incêndios florestais.
Segundo a irmã da vítima, assim que ouviu as ‘explosões’ foi até a porta de casa ver o que havia acontecido e viu um homem caído e agonizando perto do portão. Logo se deu conta que era Sidiney e chamou as autoridades.
Ela chamou a equipes da PM e do Serviço de Saúde da cidade. Uma ambulância chegou ao local, mas segundo a polícia, a enfermeira apenas constatou a morte do brigadista.
LEIA TAMBÉM:
Brigadista é assassinado na porta de casa
Idoso morto por jovem que empinava moto trabalhou a vida toda como motorista: ‘Nunca atropelou ninguém’, diz filha
Com lotação de quase 100% na UTI, HGP tem pacientes em corredores e reclamações por demora de exames e cirurgias
A mulher não soube informar quem disparou os tiros que mataram o irmão dela. A PM informou que fez patrulhamento na região, mas até este sábado nenhum suspeito foi encontrado.
Brigadista Sidney Silva é assassinado em Formoso do Araguaia
Reprodução/redes sociais
A perícia esteve no local do crime e o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi.
O g1 solicitou informações sobre o assassinato à Secretaria de Segurança Pública (SSP) e aguarda retorno.
Sidney era casado e deixa três filhos. O Ibama divulgou uma nota de pesar e lamentou a morte do brigadista.
“Com pesar, o IBAMA comunica o falecimento do brigadista do Prevfogo Sidiney Silva, um profissional dedicado e experiente no manejo preventivo do fogo. Neste momento de luto, o IBAMA se solidariza com a família e amigos, oferecendo o apoio necessário”.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins